Wednesday, November 29, 2006

Escorrega / Slide


Instalação de Carsten Höller na Tate Modern resulta num escorrega gigante.Para Hölle, a experiência de escorregar é descrita da melhor maneira numa frase de um escritor francês Roger Caillois como "um pânico voluptuoso numa mente normalmente lúcida". Os escorregas são esculturas impressionante por direito próprio e não é preciso experenciá-las para apreciar esta instalação, no entanto o que interessa Höller, é tanto o espectáculo visual de observar pessoas escorregando, como também "o espectáculo interior" experenciado por eles o estado simultaneamente de deleite e ansiedade.

Installation piece by Carsten Höller in Tate Modern, results in a giant slide. For Höller, the experience of sliding is best summed up in a phrase by the French writer Roger Caillois as a ‘voluptuous panic upon an otherwise lucid mind’. The slides are impressive sculptures in their own right and you don’t have to hurtle down them to appreciate this artwork. What interests Höller, however, is both the visual spectacle of watching people sliding and the ‘inner spectacle’ experienced by the sliders themselves, the state of simultaneous delight and anxiety that you enter as you descend.

2 comments:

Filipe G. Reis said...

Totalmente alucinante deve ser descer por isso!

Möet & Chandon said...

Grande produção para um projecto insólito em termos artísticos. O lúdico levado a esferas superiores... Muito bom!