Friday, February 13, 2009

Editorial Presença


Dentro do conceito “Histórias de amor escrevem-se por toda a parte. Leia as mais belas nos nossos livros”, a Editorial Presença comemorou o Dia dos Namorados emoldurando declarações de amor escritas pela cidade de Lisboa.
Para documentação destas declarações, foi criado um Museu online onde serão divulgadas mais fotos das declarações.

Within the concept "Love stories are written everywhere. Read the most beautiful ones in our books", Editorial Presença (Portuguese book publisher) celebrated Valentine's Day framing love declarations written in the city of Lisbon. In order to document these declarations, an online Museum was created, where photos are published .

Agência/Agency: Torke

14 comments:

Mónica said...

Acho a ideia de facto interessante, mas muito pouco inovadora, uma vez que a Pampero fez EXACTAMENTE O MESMO no ano passado.

Chama-se Museu Efémero, e se não conhecem, sugiro que dêem uma vista de olhos:

Museu Efémero

Encontraram um certa semelhança, não?

Fred Bosch said...

Putz.... parece uma cópia do museu efemero... www.museuefemero.com.

Pelo menos o conceito parece. E muito.

Marcelo said...

Ta fixe. Mas já vi a ideia no museu efemero da Pampero.

Marcelo said...

www.museuefemero.com

sabia que já tinha visto isso

Anonymous said...

É incrível a cópia quase "exacta" do Museu Efémero.

Ao menos tenham a decência de focar esse ponto.

Pegar no trabalho pensado e elaborado por outros é muito fácil. Ter ideias novas e inovadoras é difícil, e não para todos.

Bonito seria ver quem iniciou este blog com esta "ideia", admitir isso.
Ainda mais, a editora presença.

Dani said...

Só sou eu, ou isto é uma cópia do museu efémero da Pampero?

Francisca said...

Esta ideia está completamente colada ao museu efémero que existe há mais de um ano...

www.museuefemero.com

Anonymous said...

Boa, boa!

Só é pena já ter sido feito para Pampero com o Museu Efémero.

www.museuefemero.com

JJ said...

Muito boa a ideia! Um museu efémero que mostra a obra de artistas desconhecidos com mapas, placas de identificação, etc... Ai, espera! Isto não é o Museu Efémero da Pampero?! Com tantas semelhanças uma pessoa até fica confusa....

Anonymous said...

Fraquinho. É uma clara imitação do Museu Efémero. Sejam originais!!

www.museuefemero.com

FS

Pedro Carmo said...

Estava a navegar em blogs, e vi isto. O que é? Por acaso não conhecem o Museu Efémero?

www.museuefemero.blogspot.com

Tem mais de um ano!!!

TORKE GUERRILHA said...

A Torke e a Editorial Presença reconhecem a semelhança entre o Museu Presença e o Museu Efémero. Ambas as acções utilizam como suporte o graffiti nos muros da cidade e têm apoio na media on-line, com mapas e site.

No entanto, enquanto o Museu Efémero tem como objectivo catalogar a arte de rua em Lisboa, o Museu Presença não tem nenhuma pretensão artística. Trata-se de uma iniciativa para destacar, através de molduras, as declarações de amor espalhadas pela cidade (e as histórias de amor que estão por toda a parte).

Utilizar molduras em arte de rua já foi feito antes, por diferentes artistas. Se há alguma inspiração para esta acção, ela vem dos Urban Curators (urbancurators.com).

Utilizar mapas na Internet para sinalizar obras de arte ou pontos de destaque na cidade também não é algo novo. Ou seja, não foi a primeira nem a última vez que pessoas ou organizações fizeram uso destes suportes.

O que importa aqui é que, apesar de utilizar os mesmos suportes, as ideias e objectivos são completamente diferentes.

Anonymous said...

Além de ser uma acção de muito mau gosto pois promove um bocado o vandalismo e acto de grafits nas ruas da cidade causando uma pessima estetica e poluição visual, é uma cópia sim. Usar um suporte é uma coisa, mas isso é uma cópia pouco elaborada de uma idéia já existente. Que pena Torke, pois sempre acredito nas vossas acções!

jean ju said...

form the montreal team streetintercept
have a look to the frame stunt:

http://streetintercept.blogspot.com/